Curso: Engenharia de Produção


Solicitar Bolsa - matutino
Solicitar Bolsa - notuno
Turno de Funcionamento
Matutino e Noturno
Carga Horária Total
4500 horas
Duração do curso
5 Anos
Ato Regulatório
Autorizado pela Portaria nº2.901 de 18/12/2001. Renovação de Reconhecimento – Portaria nº 917, de 27/12/2018, D.O.U de 28/12/2018.
Grade Curricular
Clique aqui.
.
Nota obtida em avaliação in loco pelo MEC em 2014
..
MENSALIDADE PARA 2019 DE
R$ 292,00 a R$ 1.168,00 (80% a 20%) *

* As mensalidades mencionadas acima são meramente ilustrativas com bolsas de estudos de 80% e 20%. A mensalidade integral deste curso é de R$ 1.460,00
Este curso está inscrito no programa Professora Rosa Quirino e as bolsas de estudos (de 20% a 80%) são distribuídas por intermédio do sistema Consulte Bolsas
Apresentação
A atividade central do engenheiro de produção é integrar mão–de–obra, equipamentos e matérias–primas com o propósito de aprimorar a qualidade dos produtos e aumentar a produtividade. Além das disciplinas comuns à formação do engenheiro, outras como economia, administração geral, sociologia, contabilidade, administração da produção, habilitam este profissional a racionalizar técnicas produtivas e organizar atividades logísticas, financeiras e comerciais, que promovem a adequação da empresa ao cenário econômico do país ou ao cenário internacional. Isso faz com que sua formação transceda os limites da indústria, preparando–o para atuar em empresas de seguros na avaliação de riscos ou mesmo no sistema bancário, avaliando a potencialidade de investimentos.

Nas primeiras e segundas séries de todos os cursos de Engenharia os alunos participam de um ciclo básico com todas as disciplinas elementares destes cursos. A partir das terceiras séries os alunos podem confirmar a opção que fizeram nos seus processos seletivos ou qualquer outra alternativa dentre os cursos de Engenharia.
Mercado de Trabalho
– Indústrias de todos os ramos de atividade
– Empresas públicas e prestadoras de serviços
– Consultorias
– Auditoria e Controle de Gestão
– Seguradoras
– Sistema bancário e financeiro em geral
Corpo Docente e Recursos
– Professores titulados
– Aulas com recursos de multimídia
– Laboratório de Microinformática
– Biblioteca
– Sala de estudos
– Laboratórios de Química Geral
– Laboratórios de Física
– Laboratório de Físico–Química
– Laboratório de Operações Unitárias
– Auditórios para palestras e congressos
– Espaço de exposições de trabalhos
– Centro audiovisual
– Instalações para portadores de necessidades especiais
– Centro Acadêmico
– Núcleo de Estágios
– Serviço Social
Informações Técnicas
1. Este curso pertence ao Ciclo Básico das Engenharias que abrange as primeiras e segundas séries de todos os cursos de Engenharia. Os alunos ingressantes são matriculados obrigatoriamente no Ciclo Básico e confirmam sua opção de curso na terceira série.

2. O estudante deverá cumprir, no mínimo, 140 (cento e quarenta) horas de Atividades Complementares, que abrangerão as modalidades regulamentadas pelo CONSEPE desta IES, visando ao aprimoramento de sua formação profissional; cabendo–lhe comprová–las junto à Coordenação do Curso para fins de assentamentos acadêmicos.

3. O estudante poderá cursar, optativamente, a disciplina Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), com carga horária de 40 (quarenta) horas, que será oferecida por esta Instituição de Ensino Superior em horários alternativos ao longo do curso. Caso o estudante opte por cursá–la, essa disciplina será, então, incluída como componente curricular em seu Histórico Escolar e sua carga horária será deduzida do total daquela destinada às Atividades Complementares.

4. O estudante poderá realizar, a partir do segundo semestre do Ciclo Básico I, estágio de prática profissional, de caráter optativo, visando adquirir experiências que sejam pertinentes às áreas do conhecimento e de atuação abrangidas pelo curso. Esse poderá ser aproveitado como parte das Atividades Complementares previstas no Projeto Pedagógico do Curso, bem como poderá, eventualmente e a critério do Núcleo Docente Estruturante, completar a carga horária prevista para o estágio de caráter obrigatório.
Contudo, na 5ª série, o estudante deverá cumprir, obrigatoriamente, 160 (cento e sessenta) horas de Estágio Supervisionado em setores das áreas supracitadas. Em ambos os casos, o estudante deverá observar as normas preconizadas no Regulamento de Estágios e as da legislação pertinente.

5. Na 5ª série, o estudante deverá, obrigatoriamente, elaborar um Trabalho de Conclusão de Curso que apresente procedimentos relevantes na análise de um problema específico da área do conhecimento do curso, preferencialmente se for baseado em experiências profissionais por ele vivenciadas. Essa atividade será computada nas horas destinadas às Atividades Complementares, podendo ser–lhe atribuídas até 40 (quarenta) horas daquele total, de acordo com parecer exarado pelo Professor Orientador e/ou Coordenador do Curso.

6. As aulas são ministradas na modalidade presencial e com duração de 50 (cinquenta) minutos.

7. O período de integralização do curso é de, no mínimo, 05 (cinco) anos e, no máximo, de 08 (oito) anos.

8. Os alunos formados poderão requerer registro no Conselho Regional de Química–CRQ–, recebendo as atribuições relativas ao curso e/ou registro no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia–CREA.
Informações Gerais
Estágio obrigatório.
Coordenação
Gilberto Francisco de Oliveira - Mestre
E-mail para o coordenador
Curriculum
Mestre em Administração em Gestão de Projetos pela UNINOVE, graduado em Engenharia Mecânica Plena pela FEI, MBA em Gestão Empresarial pela FIA, MBA em Gestão de Tecnologia da Informação pela FIAP e Black Belt Six Sigma pela USP. Leciono há mais de dez anos no ensino superior e pós-graduação em disciplinas correlatas à Engenharia de Produção e Administração. Pós-graduação em Metodologia do Ensino Superior pela ANHEMBI MORUMBI e vivência, com trabalho publicado, em práticas de Metodologias Ativas em sala de aula, com uso de PBL, Sala Invertida e Gamificação. Tenho experiência profissional acumulada em vinte e quatro anos em posição gerencial, coordenação e consultor em empresas nacionais e multinacionais. Como pesquisador da gestão de stakeholders e sucesso de projetos, recebi o prêmio de Melhor Projeto Acadêmico de 2017 no 16° Seminário Internacional de Gestão de Projetos e tenho artigo publicado em Journal, Qualis A1, além de participação em congressos internacionais e publicação em revista do meio.